Derrocada no Funchal

Encontrado corpo da segunda vítima no Funchal


 

Lusa/AO   Nacional   23 de Nov de 2007, 06:55

 O cadáver da segunda vítima da derrocada que ocorrer quinta-feira na zona dos Socorridos foi resgatado durante a noite, informou o serviço regional da Protecção Civil.

Em comunicado distribuído no Funchal, o SRPC e os Bombeiros da Madeira dizem que o corpo do funcionário da construtora Tâmega foi removido e o óbito confirmado pelo Delegado de Saúde no local.

    O corpo foi transportado para a morgue do Hospital do Funchal, acrescenta.

    A Protecção Civil deu por concluídas as operações e desmobilizou todo o dispositivo de socorro que fora activado para esta operação de socorro.

    Uma derrocada de grandes pedras atingiu o laboratório das oficinas de mecânicas da construtora Tâmega instalada na zona do Parque Industrial da Zona Oeste do Funchal provocando a morte a dois trabalhadores que ficaram soterrados.

    Os homens tinham 45 e 50 anos, sendo um soldador e outro ajudante, residentes nos concelhos de Santa Cruz e Santana.

    Um dos corpos foi resgatado pouco tempo depois, tendo levado algumas horas para remover o outro cadáver.

    A derrocada destruiu ainda várias viaturas e uma conduta de abastecimento de água que vai afectar cerca de 50 por cento da população do Funchal, estando a Investimentos e Gestão de Água a construir uma alternativa, um projecto que levará cerca de três semanas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.