Impostos

Descida de IRS em Ponta Delgada está posta em causa

Descida de IRS em Ponta Delgada está posta em causa

 

Olímpia Granada   Regional   3 de Dez de 2009, 10:36

Com o anúncio e aprovação do oçamento municipal da redução em 1% do IRS cobrado aos munícipes com residência fiscal no concelho de Ponta Delgada, colocaram-se questões às quais o AO procurou esclarecimentos e que colocam a nu, desde logo, um vazio legal e potencial conflito institucionalque pode inviabilizar a sua concretização.
De acordo com fonte do PS, uma vez que o Grupo Parlamentar do PSD - partido do qual é líder a presidente da Câmara de Ponta Delgada -, não colocou a questão na Assembleia Legislativa aquando da votação do Plano e Orçamento da Região para 2010, a intenção camarária é inconsequente.

De acordo com a mesma fonte, a Lei de Finanças Locais refere no seu artigo 63 que os parlamentos regionais devem regular a faculdade das câmaras ‘mexerem’ no IRS, através de Decreto Legislativo Regional.

Ora no entender dos socialistas, tal só pode ser feito na aprovação do Orçamento regional, porque altera a previsão de receitas.


Leia na íntegra esta notícia na edição imprensa de Quinta-Feira, Dia 3 de Dezembro de 2009

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.