Casal pede a anulação do casamento porque o padre está preso por pedofilia


 

Lusa/AO Online   Internacional   5 de Dez de 2008, 08:19

Um casal italiano pediu a anulação do seu casamento perante o Tribunal Eclesiástica da Rota depois de saber que o padre que celebrou a cerimónia tinha sido posteriormente condenado por pedofilia.
O sacerdote em causa foi condenado a quatro anos e quatro meses de cadeia, acusado de ter abusado de um menor em Oriolo, uma comunidade italiana da região da Calábria, Província de Cosenza, com cerca de 2.885 habitantes.

    Segundo a imprensa local, o argumento do casal para pedir a anulação do matrimónio é "a pésima conduta do celebrante".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.