Açoriano Oriental
Câmara da Ribeira Grande avança com estratégia local de habitação

A Câmara da Ribeira Grande promoveu no Teatro Ribeiragrandense uma sessão pública de divulgação e esclarecimento do programa “1.º Direito – Programa de apoio ao acesso à habitação”, evento que contou com a presença de representantes da autarquia, juntas de freguesia e entidades ligadas diretamente à ação social.

article.title

Foto: CMRG
Autor: Susete Rodrigues/AO Online

Segundo nota de imprensa, o programa “1.º Direito”, foi lançado em 2018 e tem por objetivo apoiar a promoção de soluções habitacionais para pessoas que vivem em condições indignas e que não dispõem de capacidade financeira para suportar o custo do acesso a uma habitação condigna.

“Este é um programa que visa, sobretudo, combater a precariedade habitacional, nomeadamente a sobrelotação, insalubridade, insegurança ou ausência de recursos financeiros”, explicou Alexandre Gaudêncio, citado na mesma nota.

O presidente da autarquia referiu que o interesse da edilidade neste programa visa “diagnosticar carências habitacionais no concelho e definir prioridades de intervenção que visam a salvaguarda de pessoas e bens, tendo como preocupação maior a segurança e salvaguarda das condições de salubridade".

O “1.º Direito” assenta numa dinâmica promocional predominantemente dirigida à reabilitação do edificado e ao arrendamento. Aposta também em abordagens integradas e participativas que promovam a inclusão social e territorial, mediante a cooperação entre políticas e organismos setoriais, entre as administrações central, regional e local e entre os setores público, privado e cooperativo.

Os apoios podem ser concedidos a famílias (para acederem a uma habitação adequada) ou a entidades (para promoverem soluções habitacionais), sendo que em ambos os casos as avaliações são feitas pelo IHRU – Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.