Atirador fere gravemente fotógrafo na redação do Libération


 

Lusa/AO online   Internacional   18 de Nov de 2013, 09:50

Um fotógrafo ficou esta segunda-feira ferido com gravidade depois de um homem ter entrado na sede do diário de esquerda Libération, em Paris, e ter disparado várias vezes antes de se colocar em fuga, noticia a France Presse.

O fotógrafo, de acordo com as primeiras informações, ficou ferido no tórax e o seu prognóstico é reservado, adiantou fonte policial à agência de notícias francesa France Presse.

A brigada criminal da polícia judiciária parisiense já se encontrava hoje manhã no local, onde está a investigar as causas do incidente.

Na sexta-feira, pela manhã, um homem armado irrompeu pelas instalações, em Paris, do canal de televisão de notícias BFM TV e ameaçou os jornalistas antes de fugir, mas até ao momento, de acordo com a imprensa francesa, não é possível estabelecer relação entre os dois casos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.