Açoriano Oriental
Covid-19
Anafre alerta PR para dificuldades financeiras das IPSS com creche e jardim-de-infância

A Associação Nacional de Freguesias (Anafre) alertou o Presidente da República para as dificuldades financeiras das IPSS com valência de jardim-de-infância e creche, e defendeu a necessidade de existir um “apoio extraordinário”.

Anafre alerta PR para dificuldades financeiras das IPSS com creche e jardim-de-infância

Autor: Lusa/AO Online

O presidente da Anafre, Jorge Veloso, e o vice-presidente, Jorge Amador, estiveram esta tarde reunidos com Marcelo Rebelo de Sousa, no Palácio de Belém, em Lisboa, para abordar o trabalho que tem sido desenvolvido pelas juntas de freguesia no combate ao surto da covid-19.

No final da audiência, em declarações aos jornalistas, os responsáveis da associação referiram que uma das grandes preocupações que transmitiram a Marcelo Rebelo de Sousa foi a quebra de receitas das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) com valência de jardim-de-infância e creche.

“A redução de receitas pode colocar em causa o funcionamento destas instituições no futuro. Podemos mesmo dizer que se não houver um apoio extraordinário às IPSS, nós podemos, em muitas freguesias, ficar sem as mesmas. Deixamos essa nota ao senhor Presidente”, referiu o vice-presidente da ANAFRE, Jorge Amador.

Por outro lado, o presidente da ANAFRE, Jorge Veloso, destacou aquele que tem sido o papel das juntas de freguesias nas medidas de mitigação do surto da covid-19.

“Falamos também de todo o esforço financeiro que elas [freguesias] estão a fazer no sentido de podermos responder a todas aquelas questões de saúde pública, que temos procurado mitigar e minimizar, não só com os cidadãos, mas também com as IPSS”, sublinhou.

Antes da audição com a ANAFRE, Marcelo Rebelo de Sousa esteve reunido com a Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP).


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.