Revista de imprensa nacional


 

Lusa/AO   Nacional   30 de Dez de 2008, 05:20

A mensagem com que o Presidente da República anunciou a promulgação do Estatuto Político-administrativo dos Açores, a descida no consumo de tabaco e a ofensiva israelita contra o Hamas são temas hoje em destaque nos jornais de Lisboa.
O Público destaca na primeira página uma fotografia que mostra uma coluna de tanques israelitas a Norte da Faixa de Gaza titulando “Israel promete guerra ‘até às últimas consequências’”.

    O matutino chama também à primeira página “Cavaco Silva: lealdade entre órgãos de soberania posta em causa”.

    O Presidente da República endureceu segunda-feira a sua posição sobre a aprovação do novo Estatuto Político-Administrativo dos Açores, documento que tinha vetado e que foi reconfirmado pela Assembleia da República, escreve o Público.

    Também o Jornal de Notícias realça na primeira página a mensagem do Presidente da República ao país destacando a frase de Cavaco Silva: “Foi abalado o normal funcionamento das instituições”.

    O diário puxa ainda para a capa “600 padarias encerraram em 2008”, referindo que a concorrência, a quebra no consumo e as exigências de higiene e segurança ditam crise no sector.

    O Diário de Notícias revela que “Consumo de cigarros baixou entre 10 a 15 por cento”, salientando que a nova lei do tabaco, em vigor há um ano, teve forte impacto na venda.

    “Cuba celebra 50 anos da revolução à espera de mudança” e “Cavaco radicaliza discurso mas deixa passar estatuto” são outros títulos do DN, que destaca ainda que a Direcção-Geral de Saúde calcula que a infecção gripal vá atingir um milhão de portugueses durante esta época.

    “Penhoras ameaçam 1 milhão de empregos” é a manchete do Correio da Manhã, sublinhando que a penhora do património das empresas com dívidas fiscais poderá colocar no desemprego quase um milhão de pessoas.

    O CM puxa ainda para a capa “Surto de gripe adia 60 operações” e “Presidente promulga [estatuto Político-Administrativo dos Açores] mas abre guerra”.

    O 24horas destaca na capa “Filha diz-me onde estás!”, um apelo da mãe de uma jovem de 13 anos que desapareceu há duas semanas da aldeia de Boalhosa, Ponte de Lima.

    “Jovens põem a vida em risco só para aparecer na Internet” e “Especialista diz que remédios para a gripe não servem para nada” são outras chamadas de capa do 24horas.

    “Cooperação entre Cavaco e Sócrates em risco” escreve o Diário Económico na primeira página, referindo-se à mensagem do Presidente da República sobre o Estatuto dos Açores.

    O económico adianta ainda “Prestação mensal da habitação cai para níveis de 2006” e “Parlamento vai controlar faltas dos funcionários”.

    O Jornal de Negócios noticia “Fundos de investimento rendem menos que a inflação”, escrevendo que a esmagadora maioria dos fundos em Portugal perdeu dinheiro em 2008.

    “Miguel Cadilhe passa liderança executiva [da Sociedade Lusa de Negócios] a Carvalho das Neves” e “Empresas vão ter cartão único a partir de amanhã” são outros assuntos abordados no JdN.

    O jornal O Diabo destaca na capa “2009 à vista…Portugueses temem o futuro”, realçando a opinião de várias personalidades “sobre o estado de ânimo do País”.

    O Diabo puxa ainda para a capa os títulos “Portugal cai 8 lugares no ‘ranking’ da liberdade de imprensa” e “Crise não trava TGV para agradar a Espanha”.

    A revista Visão escreve hoje “As notícias que gostaríamos de dar em 2009” e exemplifica com os títulos: “Crise chega ao fim”, “Sida já tem vacina” ou “Maddie aparece”.

    A Sábado dedica a primeira página aos “Anos gloriosos da alta sociedade” portuguesa em 1950 e 60.

    O hondurenho David Suazo (Benfica) e os árbitros estão na capa dos matutinos desportivos.

    “Pelo título até à última gota”, proclama A Bola, sobre foto do jogador, que afirma que “adeptos merecem festejar” em 2009.

    Ainda na capa a troca de elogios entre Suazo e Eusébio: “tenho enorme orgulho em jogar no clube de Eusébio” (Suazo) e “Suazo é impressionante, gostava que pertencesse ao Benfica” (Eusébio).

    O Record anuncia um “cerco a Suazo”, referindo que “clubes ingleses perseguem avançado do Benfica”.

    O jornal adianta que “Everton, Aston Villa e Newcastle têm dinheiro para lhe pagar a totalidade do salário” do jogador, que pertence ao Inter e está emprestado ao Benfica.

    Em O Jogo destaca-se uma entrevista a Vítor Pereira, presidente da Comissão de Arbitragem da Liga, que afirma “não é possível ter melhores árbitros”.

    Ele próprio ex-árbitro, Vítor Pereira queixa-se de que “há árbitros assistentes com menos de 20 jogos de seniores” e “nos observadores não há um único ex-árbitro internacional ou de I Categoria”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.