Professor acusado de pedofilia afastado das aulas por imposição dos pais


 

Lusa/AO online   Nacional   27 de Out de 2011, 19:07

Um professor de música do primeiro ciclo de Alfândega da Fé foi hoje afastado do lugar por imposição dos pais que recusam o contacto com as crianças depois da notícia de que o docente estará acusado de pedofilia.
“A partir de amanhã vai ser substituído por outro professor”, disse a presidente da Câmara, Berta Nunes, a responsável pelas actividades extra curriculares, ao abrigo das quais o docente dava aulas de música ao primeiro ciclo.

De acordo com a autarca, o professor foi também rejeitado no grupo de música ORFF, uma actividade da responsabilidade da associação de pais que decidiu suspender o grupo depois das notícias sobre o professor que acompanhava as crianças e jovens.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.