Austrália: Incêndio e duas plataformas petrolíferas acentuam desastre ecológico no Mar de Timor


 

Lusa/AO Online   Internacional   1 de Nov de 2009, 13:52

Duas plataformas petrolíferas da empresa PTTEP Australasia incendiaram-se hoje no Mar de Timor, acentuando o desastre ecológico provocado há cerca de dois meses com o derrame num poço, noticiou a imprensa australiana.

Segundo o Sydney Morning Herald e o The Age, que citam um porta-voz da empresa, todo o pessoal das duas plataformas, a West Atlas e a principal, a Montara, situadas a 250 quilómetros da costa australiana, foi retirado em segurança.

Desde o passado dia 21 de Agosto que uma rotura a 2600 metros de profundidade está a derramar petróleo e a PTTEP Australasia, propriedade da estatal tailandesa PTT Exploration & Exploration, já gastou 162 milhões de dólares em infrutíferas tentativas para tapar o furo, e que envolveram 300 trabalhadores.

O poço já derramou o correspondente a 28 mil barris de crude, formando uma extensa maré negra que ameaça a sobrevivência do maior parque marinho do sudeste asiático, habitat e rota migratória de baleias, tartarugas e golfinhos.

As autoridades australianas voltaram também hoje, na sequência dos incêndios, a manifestarem preocupação pelo sucedido.

"O governo está profundamente preocupado por este incidente", disse o ministro da Energia e Recursos Naturais australiano, Martin Ferguson, num comunicado em que precisou ter dado instruções aos organismos oficiais para prestarem à empresa proprietária das plataformas a assistência técnica que for necessária para extinguir os incêndios.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.