Tiago Fernandes vê receção ao Santa Clara como "importante mas jamais decisiva"

Tiago Fernandes vê receção ao Santa Clara como "importante mas jamais decisiva"

 

AO Online/Lusa   Futebol   2 de Mar de 2019, 20:46

O treinador do Desportivo de Chaves, Tiago Fernandes, destacou este sábado que a receção ao Santa Clara, no domingo, para a 24.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, é “importante mas jamais decisiva” para a manutenção.

“Sabemos o que temos de fazer até ao final do campeonato, que é somar pontos e o próximo jogo é importante, mas não será decisivo”, realçou o técnico na conferência de antevisão à partida frente ao Santa Clara, oitavo colocado da I Liga, com 30 pontos, no domingo, às 15:00.

Tiago Fernandes garantiu ainda que a sua equipa, que ocupa o 17.º e penúltimo lugar com 19 pontos, sabe o que tem de fazer para vencer os açorianos esperando ver corrigidos os aspetos “menos bons” do último jogo em casa, no empate frente ao Boavista (1-1).

Sem qualquer baixa por lesão, o treinador do emblema de Trás-os-Montes, que não divulgou a lista de convocados, considerou ser “importante” ter todos à disposição, desejando que os ‘flavienses’ tenham “uma entrada forte” no jogo.

“Espero uma equipa determinada, com a convicção de querermos vencer e somar pontos, e é isso que vamos fazer com todo o plantel à disposição, dando uma boa resposta perante o nosso público”, destacou.

O técnico acrescentou que espera uma “resposta anímica, agressiva e competitiva” e que os seus jogadores estão “confiantes” e a trabalharem como equipa.

O Santa Clara, que somou dois triunfos nos últimos dois jogos, tem mais pontos somados fora, 17 pontos em 11 partidas, do que nos Açores, onde soma 13 pontos em 12 jogos, o que deixa Tiago Fernandes “alerta” para uma equipa que está a realizar “um bom campeonato”.

“É uma equipa com ideia de jogo e personalidade bem vincada e é talvez uma das equipas mais fortes nas bolas paradas”, vincou.

Os transmontanos trabalharam “todos esses lances” e analisaram “todas as virtudes do adversário” para evitar surpresas.

“Estamos preparados para que os jogadores correspondam com uma boa atitude em campo e mostrarem que queremos vencer o encontro”, garantiu.

O conjunto de Chaves voltou a promoveu no segundo jogo consecutivo em casa a presença de mais adeptos no estádio, permitindo que cada sócio possa ser acompanhado de três pessoas, a cinco euros cada.

Para Tiago Fernandes, o apoio dos adeptos “é extramente importante”, realçando que ao longo da época têm estado sempre presentes e que cabe ao plantel fazer o seu trabalho em campo.

O Desportivo de Chaves, 17.º e penúltimo classificado com 19 pontos, defronta o Santa Clara, oitavo com 30 pontos, no domingo, às 15:00, para a 24.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, no Estádio Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira, em Chaves.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.