Açoriano Oriental
SAD do Santa Clara vai reunir-se em Assembleia Geral

Membros da SAD do Santa Clara poderão ser destituídos “com justa causa ou não, caso haja motivo para tal”

SAD do Santa Clara vai reunir-se em Assembleia Geral

Autor: Henrique Linhares

A empresa detida porGlen Lau, principal acionista da Santa Clara Açores - Futebol SAD(48,60%), convocou uma Assembleia Geral Extraordinária para o dia 22 de julho.
O ponto um da ordem de trabalhos prende-se com a análise do desempenho dos membros do Conselho de Administração, havendo a possibilidade de substituições e de destituir “com justa causa ou não, qualquer um deles, caso haja motivo para tal”.
Na reunião vão também ser nomeados novos membros para o conselho de remuneração, na sequência do que for deliberado no ponto um.
Os acionistas vão também analisar e confirmar “a nomeação do Fiscal Único e Suplente da sociedade que foram nomeados recentemente”.
A reunião será realizada por vídeoconferência e terá início pelas 15h00.

Glen Lau “não assinou acordo” com o Grupo 2020 Sports
O acionista maioritário da SADdo Santa Clara veio a público negar que o negócio com o Grupo 2020 Sports esteja fechado.
“Nós continuamos a ser os investidores com total posse das nossas ações na Santa Clara SAD”, sublinha o empresário singapuriano, em resposta às “notícias que davam conta que a nossa companhia vendeu as ações ao Grupo 2020 Sports”, pode ler-se em comunicado assinado pelo empresário.
“Não assinámos nenhum acordo”, reforçou ontem Glen Lau, depois de Artur Moraes, representante do grupo, ter garantido que o negócio estava muito perto de ser fechado. Recorde-se que o Grupo 2020 Sports propôs um acordo ao CDSanta Clara, detentor de 40% do capital social da SAD, que vai reunir-se em Assembleia Geral a 12 de julho.

PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados