Política

Rui Rio diz que Governo toma portugueses por "lorpas"


 

Lusa/AO online   Nacional   14 de Dez de 2008, 14:26

O vice-presidente do PSD Rui Rio acusou hoje o Governo de "fazer dos portugueses lorpas" ao anunciar "dia sim, dia não" apoios de milhões para "tudo e mais alguma coisa", mas sem conseguir incutir confiança no país.
"Embora o dinheiro seja importante, o Governo não consegue incutir confiança ao país, porque está esgotado", acusou Rio.
O Governo quer "fazer dos portugueses lorpas, ao anunciar dia sim, dia não milhões e milhões para isto e para aquilo, para tudo e mais alguma coisa", acrescentou o vice-presidente do PSD, na cerimónia de inauguração das obras de renovação da sede do partido em Braga.
Rui Rio disse que o PSD tem obrigação de alertar os portugueses para os erros do Governo, classificando como "uma desgraça para o futuro de Portugal o montante para investimentos públicos faraónicos, sem efeito reprodutivo", anunciados pelo Executivo socialista. "Vamos acumular dívida pública que vai ser paga pelas gerações futuras, já que os investimentos não vão ser pagos para o ano nem daqui a três anos, sê-lo-ão daqui a oito, dez, doze anos", declarou Rui Rio. "É isto que as pessoas não vêem e que o PSD deve estar permanentemente a alertar", acrescentou o dirigente social-democrata, referindo que "quando o Governo iniciou funções a crise não era tão profunda, mas encontrou-se um responsável, 'a herança'".
"Depois houve outro responsável pela crise, o preço do petróleo, e quando esta justificação se esgotou, porque hoje está mais barato, veio o argumento da crise internacional", prosseguiu Rui Rio.
"Todos os argumentos são parcialmente verdadeiros", sublinhou, assinalando que houve muitos erros do Governo, como sucedeu com os professores, "com quem tem lidado de forma desastrosa e não actuando de forma capaz".
A inauguração da sede de Braga contou ainda com as intervenções de António Marques, presidente da Comissão das Obras da sede, de Miguel Macedo, presidente da mesa da Assembleia de Secção, e Ricardo Rio, presidente da Comissão Política e candidato à Câmara de Braga.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.