Banca

Retirar estímulos à economia é prematuro


 

Lusa / AO online   Economia   27 de Nov de 2009, 16:20

O presidente do BES, Ricardo Salgado, defendeu esta sexta-feira que a retirada dos estimulos às economias europeias é "prematura", uma vez que os países ainda se debatem com os efeitos da crise.
"A Europa talvez esteja a exagerar um pouco ao querer retirar estímulos que foram muito menores que os conseguidos nos Estados Unidos e na China", disse Ricardo Salgado, num evento organizado pela Associação Comercial de Lisboa.

Ricardo Salgado considerou "extraordinário que a União Europeia esteja já nesta altura a pensar retirar os estimulos à economia, o que vai obrigar os países a um esforço enorme".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.