PS, CDS e PAN percorrem norte do país, BE e PSD fazem campanha pelo centro


 

AO Online/ Lusa   Nacional   29 de Set de 2019, 11:44

O oitavo dia de campanha para as eleições legislativas arranca este sábado com PS, CDS-PP e PAN no norte do país, PSD e BE pelo centro e CDU na capital, no mesmo dia em que milhares de eleitores votam antecipadamente.

Depois de quatro dias consecutivos marcados pela acusação do processo de Tancos, na qual um dos acusados pelo Ministério Público é o ex-ministro da Defesa Azeredo Lopes, com trocas de acusações entre os líderes do PS e do PSD, o CDS-PP anunciou sábado que proporá uma segunda comissão de inquérito no parlamento.

Hoje é dia de eleições para milhares de portugueses que, em território nacional, utilizam pela primeira vez o voto antecipado em mobilidade para a Assembleia da República, os socialistas, centristas e o PAN levam a campanha ao norte do país, mas as caravanas não se cruzam.

Mais de 56.000 pessoas inscreveram-se para votar antecipadamente, sendo Lisboa o distrito com mais pedidos, (21.600), seguido pelo Porto (9.338) e Coimbra (3.045),segundo informação pela Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna (SGMAI).

O secretário-geral do PS, António Costa, que cancelou no sábado algumas iniciativas por recomendação médica devido a dores musculares, começa o dia com um périplo para contactar com a população em Vila Nova de Gaia, distrito do Porto, e finaliza com um almoço/comício em Matosinhos.

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, visita a Feira da Palhaça, em Oliveira do Bairro, segue para um passeio de bicicleta, em Aveiro, e termina com uma visita à Feira das Colheitas, em Arouca.

Já o porta-voz do PAN, André Silva, discursa num congresso internacional vegetariano, o Couraveg, de manhã, em Paredes de Coura (Viana do Castelo), visita a Associação do Rio Neiva, em Esposende (Braga) e termina com uma ação de rua para dialogar com a população em Barcelos.

As caravanas social-democrata e bloquista vão levar a campanha para o centro.

O líder do PSD, Rui Rio, apenas tem agenda durante a tarde, começando com um contacto com a população na Figueira da Foz, e segue para uma ‘talk’, ao final da tarde, em Coimbra.

Na agenda da coordenadora nacional do BE, Catarina Martins, consta apenas o mega-almoço do partido, em Viseu.

Em relação à CDU, o secretário-geral comunista, Jerónimo de Sousa, arranca com uma viagem de comboio entre as estações da Amadora e Sete Rios, segue para um almoço da coligação no Pavilhão Comercial de Alpiarça (Santarém), e encerra com um comício, ao final da tarde, em Évora.

Quanto aos partidos sem assento no hemiciclo, o dirigente da Aliança, Pedro Santana Lopes, visita uma ganadaria durante a manhã, em Santiago do Cacém, uma quinta, em Ferreira do Alentejo, almoça com caçadores, em Serpa, e termina com um périplo pelas ruas da capital.

O presidente do Nós, Cidadãos!, Mendo Castro Henriques, participa numa ‘arruada’, em Lisboa, a cabeça de lista do Livre por Lisboa, Joacine Katar Moreira, participa numa ação de campanha, em Loures, e o líder do RIR e cabeça de lista pelo Porto, Vitorino Silva, contacta com a população em Vila Nova de Gaia e visita a Feira das Colheitas, em Aveiro, onde se poderá cruzar com os centristas.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.