Papandreou convoca reunião urgente


 

Lusa/AO Online   Internacional   3 de Nov de 2011, 07:50

O primeiro-ministro grego, Georges Papandreou, convocou uma reunião urgente do Governo para hoje ao meio-dia, na sequência de críticas de ministros contra o referendo ao resgate internacional da Grécia.

O anúncio do gabinete de Georges Papandreou surge pouco depois de o ministro grego das Finanças ter-se mostrado contra a realização de um referendo sobre a moeda única no país, ao realçar que a adesão da Grécia ao euro é "uma conquista histórica do povo”.

Também a deputada do Partido Socialista da Grécia (Pasok), Eva Kaili, pediu a Papandreou para reverter a sua decisão de convocar um referendo, o que fragiliza a posição do primeiro-ministro num Parlamento onde os socialistas detêm a maioria.

O Governo da Grécia encontra-se dividido quanto à realização de um referendo ao plano de resgate europeu, e o seu apoio no parlamento é cada vez mais reduzido, segundo a imprensa grega e as agências internacionais.

Na quarta-feira, George Papandreou obteve "total apoio" do seu governo para a realização do referendo, mas fontes citadas pela agência AP disseram que, durante a longa sessão do conselho de ministros, pelo menos dois dos membros do Governo mostraram estar contra o referendo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.