Açoriano Oriental
Fotógrafo Pedro Letria homenageia emigração portuguesa em exposição nos EUA

O fotógrafo Pedro Letria inaugura no estado norte-americano de Massachusetts uma exposição de homenagem "à esperança, aspirações e conquistas" dos emigrantes portugueses que chegaram aos Estados Unidos em busca de uma vida melhor.


Autor: Lusa/AO Online

Esta exposição fotográfica terá lugar no Boott Cotton Mills Museum, no Parque Histórico Nacional de Lowell, um importante parque nacional norte-americano, e terá o patrocínio da Fundação Calouste Gulbenkian.

Intitulada "Os portugueses em Lowell, o familiar e o novo", a exposição de Pedro Letria apresenta uma visão íntima da comunidade portuguesa de Lowell, uma cidade de Massachusetts com uma forte presença lusa que o fotógrafo visitou pela primeira vez em 2021, para ensinar fotografia na Universidade de Massachusetts.

"Não esperava chegar a um bairro com uma manifestação tão extraordinária de identidade cultural. Esta comunidade foi criada por pessoas que deixaram a sua terra natal por necessidade, em busca de uma vida melhor. Aqui eles esforçaram-se para manter viva sua herança", explicou o autor num comunicado enviado à Lusa.

Ao longo de quatro meses, disse o fotógrafo, foi-lhe "oferecido um relato em primeira mão do que é varrido para debaixo do tapete em Portugal, a minha terra natal: como a vida nas ilhas dos Açores e da Madeira proporcionou durante séculos oportunidades limitadas".

Durante gerações, açorianos e madeirenses "olharam para o oeste, para as Américas, e não para o leste, para o continente, em busca de um caminho a seguir", observou."Algumas pessoas falaram-me da aceitação de Lowell pelos trabalhadores imigrantes portugueses e partilharam o seu orgulho pelo papel que desempenharam na construção do poderio industrial da América. As famílias abriram-me as suas portas e debruçaram-se sobre álbuns de fotos, reunindo histórias de lutas e sucessos", acrescentou ainda Pedro Letria.

Entre os episódios que recorda com mais orgulho está o do momento em que viu a polícia local gerir o trânsito para a procissão de Nossa Senhora de Loreto no fim de semana em que chegou à cidade, destacando o facto de a comunidade portuguesa "merecer tanto respeito".

“As tradições deles – as tradições do meu povo – prosperaram em praça pública”, celebrou o autor.

"Estas fotografias são a minha homenagem à esperança, aspirações e conquistas de todos aqueles que desembarcaram nestas terras em busca de uma vida melhor", concluiu.

A exposição, gratuita e aberta ao público, surgiu de uma colaboração entre o Centro Saab de Estudos Portugueses da Universidade de Massachusetts de Lowell e o Parque Histórico Nacional de Lowell.

Além de fotógrafo, Pedro Letria é também autor de sete livros e professor, lecionando na Escola Superior de Arte e Design, nas Caldas da Rainha, e já foi galardoado com o Prémio António Quadros.

 


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados