Ciência

Descoberta fonte hidrotermal no Faial

Descoberta fonte hidrotermal no Faial

 

Lusa / AO online   Regional   22 de Jul de 2010, 18:08

Cientistas do Departamento de Oceanografia e Pescas (DOP) da Universidade dos Açores descobriram há cerca de uma semana uma nova fonte hidrotermal de pequena profundidade, apenas 500 metros da costa da ilha do Faial.
A descoberta foi feita ocasionalmente por um mergulhador do DOP, que detectou uma zona de libertação de gases entre 30 e 40 metros de profundidade, a sul da Ponta da Espalamaca, um morro sobranceiro à cidade da Horta, no Faial.

Pedro Afonso, biólogo do DOP, salientou que esta pequena fonte hidrotermal fica situada ao longo da crista submarina que liga o morro da Espalamaca aos ilhéus da Madalena, situados junto à vizinha ilha do Pico, a menos de cinco milhas de distância.

“Este pequeno campo hidrotermal situa-se no início dessa crista, entre 30 e 40 metros de profundidade, e foi recentemente descoberto”, afirmou o investigador, acrescentando que os cientistas da Universidade dos Açores estão agora a tentar “caracterizá-lo”.

Para já, ainda se desconhece que tipo de gases estão a ser libertados naquela zona, que só esta semana foi fotografada e filmada na sua totalidade, embora as características dos vapores e das bolhas de água visíveis a olho nu indiquem que se possa tratar de dióxido de carbono.

Para tentar descobrir mais pormenores sobre esta recente descoberta, os investigadores do DOP aproveitaram a realização na Horta de um seminário sobre aplicações científicas de tecnologia marinha, que reúne cerca de 30 estudantes de doutoramento em representação de 13 institutos europeus e canadianos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.