Açoriano Oriental
Câmara de Vila Franca do Campo com orçamento para 2020 superior a 12 ME

O orçamento para 2020 da Câmara de Vila Franca do Campo, Açores, superior a 12 milhões de euros, foi aprovado pela maioria socialista, com a abstenção do PSD, e prevê “obras de algum vulto” com recurso a fundos comunitários.

Câmara de Vila Franca do Campo com orçamento para 2020 superior a 12 ME

Autor: Lusa/AO Online

“No ano passado o orçamento foi superior a nove milhões de euros. E este ano tem um valor superior a 12 milhões de euros. E isso porque prevemos investir cerca de cinco milhões de euros em projetos com recurso a fundos comunitários”, explicou hoje o presidente da autarquia, Ricardo Rodrigues, em declarações à agência Lusa.

O documento foi aprovado em assembleia municipal, na quinta-feira passada, com 17 votos a favor do PS e 10 abstenções do PSD, indicou o autarca socialista.

Ricardo Rodrigues adiantou que o aumento financeiro relativo a “obras de grande significado com recurso a fundos comunitários” envolve “a ampliação do parque industrial, orçada em cerca de 1,3 milhões de euros, e uma reestruturação do muro de suporte da praia do Corpo Santo, estimada em cerca de 1,2 milhões de euros”.

“Só estas duas obras têm um impacto muito significativo no orçamento da câmara e ainda estão previstas outras com menor dimensão”, sublinhou Ricardo Rodrigues, realçando que o orçamento para o próximo ano “não esquece o apoio na área social”.

O autarca referiu ainda que para 2020 foi “duplicado o valor para apoiar a habitação degradada” e que a autarquia praticamente manteve o valor do fundo especial de emergência.

“É um equilíbrio entre o investimento e a qualidade de vida em Vila Franca do Campo e as capacidades financeiras, não esquecendo que manteremos naturalmente sempre o esforço de pagamento da dívida, que é muito substancial em Vila Franca do Campo”, referiu ainda.

Em julho deste ano, a câmara aprovou a internalização da empresa Gesquelhas, proprietária do Açor Arena, assumindo o município uma dívida que ronda os 14 milhões de euros.

Ricardo Rodrigues lembrou que a autarquia decidiu internalizar o ativo e o passivo da empresa, que "durante muitos anos esteve num impasse”.

O pavilhão multiúsos Açor Arena está localizado à entrada de Vila Franca do Campo e a construção da infraestrutura, com um custo superior a 10 milhões de euros, foi iniciada em 2006, quando a câmara era governada pelo PSD.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.