Açoriano Oriental
BE quer semana de quatro dias de trabalho, reposição de férias e cinco dias de licença parental

A coordenadora do Bloco de Esquerda revelou hoje que na quarta-feira o partido vai propor a implementação da semana de quatro dias de trabalho, a reposição das férias cortadas durante a ‘troika’ e, mais cinco dias de licença parental.

BE quer semana de quatro dias de trabalho, reposição de férias e cinco dias de licença parental

Autor: Lusa /AO Online

A coordenadora do Bloco de Esquerda, que falava durante um almoço com militantes, em Viana do Castelo, disse que o projeto, designado Vida Boa, vai ser debatido, no âmbito de um agendamento potestativo marcado para quarta-feira.

“Quem ama um país, quer o bem do seu povo, sem olhar a quem. É essa visão de país que o Bloco de Esquerda não abdica. Porque é que não podemos trabalhar quatro dias por semana, para termos tempo para os filhos, para o lazer? (…) Porque é que a vida tem de ser consumida a trabalhar para não sair do salário mínimo ou de um salário que não paga a casa”, questionou.

Para Mariana Mortágua, "vida boa é garantir a reposição das férias tiradas pela ‘troika’. Vida boa é garantir a quem tem filhos mais cinco dias de licença, sem nenhuma justificação”.

“Sabemos que termos filhos a cargo significa mais tempo que tem de ser dedicado à família e, não cabe às mulheres essa responsabilidade, sempre. Cabe a todos, cabe à sociedade”, sublinhou.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados