Açoriano Oriental
2.º Encontro de Projetos Culturais de Escola - Açores

Iniciativa do Plano Nacional das Artes, com o apoio da FLAD e de vários parceiros no território açoriano, conta com participantes de oito ilhas

2.º Encontro de Projetos Culturais de Escola - Açores

Autor: Paulo Faustino

A Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada acolhe a 17 e 18 deste mês o 2.º Encontro de Projetos Culturais de Escola - Açores, uma iniciativa do Plano Nacional das Artes (PNA) com o apoio da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD) e de vários parceiros no território açoriano.

Tratando-se de uma iniciativa que contará com a presença de elementos de oito ilhas, nela participarão, além do Comissário do PNA, Paulo Pires do Vale, professores coordenadores dos projetos culturais que estão a ser desenvolvidos em 22 escolas dos Açores e que aderiram a esta estratégia nacional. Igualmente presentes estarão artistas residentes nas escolas, mediadores culturais, entre outros parceiros, assim como cidadãos interessados nos cruzamentos entre a educação, as artes, as culturas e os patrimónios.

“Será, por isso, um momento de reflexão sobre a pertinência de implementar práticas pedagógicas, que consolidem uma cultura científica e artística de base humanista, e que permitam mais participação, liberdade, ligação à vida, autonomia, diversificação de linguagens, espaço de discussão, criação e experimentação, expressões artísticas, culturas e patrimónios”, explica nota de imprensa.

O 2.º Encontro de Projetos Culturais de Escola - Açores visa a divulgação e partilha dos projetos culturais das escolas, bem como a criação e estabelecimento de laços e rede entre os intervenientes tendo por objetivo a coesão e o desenvolvimento territorial. Mas também “afirmar as escolas como polos culturais e os equipamentos culturais como territórios educativos”, sem deixar de refletir sobre que “valores, competências e literacias” é preciso “desenvolver/educar, para fazer face aos desafios do mundo de hoje, que exige cidadania ativa, requer muita criatividade, espírito crítico e adaptações constantes”.

A adesão das escolas ao PNA implica a adesão à medida Projeto Cultural de Escola, comprometendo-as, assim, com o “desenvolvimento de projetos culturais endémicos, em articulação/parceria com os agentes e os equipamentos culturais do território”.

Outra das medidas “transformadoras” do PNA é o Projeto Artista Residente na Escola.

PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados