Imigração

Treze imigrantes mortos em embarcação que chega às Canárias

Treze imigrantes mortos em embarcação que chega às Canárias

 

Lusa/AO online   Internacional   3 de Set de 2008, 11:27

Uma embarcação com 13 imigrantes mortos e vários feridos chegou ao Porto de Arguineguin, no município de Mogán, na ilha espanhola de Gran Canaria, informou um porta-voz da Guarda Civil.
A embarcação foi interceptada por navios da Guarda Civil que a rebocaram até terra onde equipas do Centro Coordenador de Emergências e Segurança prestaram os primeiros auxílios.

    Na embarcação, e além dos 13 mortos, viajavam também 46 outras pessoas, muitas das quais necessitaram de apoio médico à chegada à costa. Um sobrevivente foi transportado para um hospital.

    O pequeno “cayuco” – embarcações usadas tradicionalmente para as viagens de imigrantes entre África e as Canárias – foi avistado pouco depois das 08:30 locais, mesma hora em Lisboa.

    As mortes hoje confirmadas surgem depois da mais recente estimativa do governo espanhol de que, este ano, já terão morrido pelo menos 100 imigrantes, entre os quais 10 bebés, em tentativas falhadas de chegar às costas espanholas.

    O número oficial de imigrantes que morrem na tentativa de chegar a Espanha é contabilizado apenas com base no testemunho de quem sobrevive à viagem ou de acordo com os cadáveres recuperados.

    Organizações que trabalham com imigrantes admitem porém que o número de imigrantes que tenham morridoo na travessia poderá ser bastante mais elevado, com embarcações a perderem-se na viagem.

    A organização Pró Direitos Humanos da Andaluzia, por exemplo, estima que no ano passado tenham perdido a vida 3.500 imigrantes que tentavam chegar a Espanha.

    Esta organização calcula que pelo menos uma em cada três embarcações que sai desaparece no alto mar.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.