Toyota revê em baixa objectivos para 2009


 

Lusa / AO Online   Economia   28 de Ago de 2008, 06:32

A Toyota diminuiu hoje para 9,7 milhões de veículos o seu objectivo de vendas globais em 2009, que até agora apontava para 10,4 milhões, culpando os "tempos difíceis" que se vivem.
    O aumento do preço dos materiais, o arrefecimento do mercado norte-americano e o crescimento dos custos com combustíveis justificam o pessimismo da Toyota, que já este ano não conseguiu alcançar os seus objectivos comerciais - 9,5 milhões de veículos, contra os 9,85 previstos.

    O presidente da empresa, Katsuaki Watanabe, reafirmou a intenção do maior produtor japonês de automóveis de apostar numa estratégia de crescimento sustentada nos veículos híbridos de combustível fóssil e electricidade.

    Paralelamente, a Toyota pretende compensar a diminuição da procura nos Estados Unidos e Europa com um aumento das vendas nas economias emergentes.

    Como parte da sua nova estratégia, a empresa vai começar a fabricar o híbrido Prius nos Estados Unidos, na sua fábrica do Mississipi, para ir de encontro à crescente procura de modelos energeticamente eficientes, ao mesmo tempo que diminui a produção de camiões e outros veículos de grande consumo de combustíveis.

    Actualmente, o Prius é fabricado no Japão e na China.

    O presidente da Toyota, para quem o arrefecimento da economia norte-americana é "uma mudança fundamental", disse ainda que a empresa vai aumentar o desenvolvimento de veículos energeticamente eficientes ara dar resposta às preocupações ocidentais com o ambiente e com o aumento do preço do petróleo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.