Governo

Todos os países vão entrar numa corrida pelas energias renováveis

Todos os países vão entrar numa corrida pelas energias renováveis

 

Lusa / AO online   Economia   24 de Nov de 2009, 16:45

O primeiro-ministro afirmou esta terça-feira que a única forma de combater o endividamento externo de Portugal é mudar o panorama energético nacional e que no mundo os países vão entrar numa corrida pelas energias renováveis.
"Esta é a maior central fotovoltaica do mundo em ambiente urbano e fica como símbolo de um país que fez há alguns anos uma escolha e uma opção: a energia renovável", declarou José Sócrates na cerimónia de inauguração da nova central fotovoltaica do Mercado Abastecedor da Região de Lisboa (MARL).

A central representou um investimento privado na ordem dos 31 milhões de euros e terá capacidade de produção para satisfazer o equivalente a um ano de consumo energético de cerca de 13 mil pessoas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.