Sortegel arranca campanha de castanha e espera um ano melhor


 

Lusa / AO online   Economia   16 de Out de 2009, 15:54

 A maior empresa transmontana de transformação e comercialização de castanha, a Sortegel, manifestou esta sexta-feira, no arranque de mais uma campanha, a expectativa de um melhor ano para a produção que mais dinheiro faz entrar nas aldeias da região.
A chuva dos primeiros dias de Outubro salvou a castanha da seca prolongada do Verão e os produtores acreditam que, embora não sendo dos melhores, "este ano superará os dois últimos em quantidade, embora com menor calibre (tamanho)".

A região de Trás-os-Montes é responsável por 30 a 40 mil toneladas de castanha, o que equivale a 90 por cento da produção nacional.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.