Açoriano Oriental
Santa Clara conserva liderança da II Liga após triunfo em casa do Torreense

O Santa Clara conservou a liderança da II Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa do Torreense 2-1, em jogo da 18.ª jornada da prova.

Santa Clara conserva liderança da II Liga após triunfo em casa do Torreense

Autor: Lusa/AO Online

Em partida disputada no Estádio Manuel Marques, em Torres Vedras, Sema Velázquez adiantou os insulares, aos 48 minutos, João Afonso ainda empatou a contenda, aos 68, mas Rafael Martins, que tinha entrado instantes antes, garantiu o triunfo do Santa Clara, aos 87.

Com este resultado, o Santa Clara mantém a liderança do campeonato, com 39 pontos, mais dois do que o AVS e mais cinco do que o Nacional, que ainda vai defrontar o Marítimo nesta ronda, enquanto o Torreense permanece no sexto lugar, com 27 pontos.

Os primeiros sinais de perigo surgiram por Keffel Resende, logo aos quatro minutos, com um remate ao lado, e por Welthon, aos 12, todavia o guarda-redes Gabriel Batista impediu o primeiro golo com uma grande intervenção.

Respondeu depois o Santa Clara. Primeiro por Safira, aos 20, e depois por Ricardinho, aos 36, que viu o guarda-redes Vágner negar-lhe o golo com uma excelente defesa, levando o 'nulo' para o intervalo.

A etapa complementar não poderia ter começado melhor para a formação insular: aos 48, Serginho, de livre, cruzou para dentro da área, onde Sema Velázquez subiu mais alto do que os adversários e cabeceou para o golo.

No entanto, o Torreense nunca baixou os braços e viu o esforço recompensado aos 68, quando, também na sequência de um livre, o guarda-redes Gabriel Batista chocou com um colega de equipa e deixou escapar a bola para a cabeça do defesa João Afonso, que só teve de encostar para o empate.

A reviravolta só não foi operada por Welthon, aos 76, porque desta vez Gabriel Batista foi astuto a sair da baliza para impedir novo golo.

Situação semelhante voltaria a acontecer dois minutos depois, com o guarda-redes do Santa Clara a defender, com muita dificuldade, um remate de Patrick Fernandes já dentro da área.

No entanto, foi mesmo o Santa Clara a conseguir o triunfo através de Rafael Martins, avançado que tinha entrado momentos antes e que acabaria por apontar o golo da vitória, aos 87 minutos.

O jogo, de resto, ficou ainda marcado por um momento de alguma apreensão. Já em cima do apito final, um adepto teve de ser socorrido pelos bombeiros e por elementos das equipas médicas dos clubes depois de uma queda aparatosa na bancada.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados