Revista de imprensa nacional


 

Lusa/AO   Nacional   6 de Nov de 2007, 05:46

A morte de pelo menos 13 idosos num acidente com um autocarro segunda-feira na zona do Fratel, concelho de Vila Velha de Ródão, faz hoje o pleno das manchetes dos matutinos lisboetas.
O Público escreve "Pelo menos 13 mortos no acidente mais grave desde Entre-os-Rios" e adianta que o autocarro em que seguiam 37 idosos e o motorista colidiu com um veículo ligeiro cerca das 19:45 de segunda-feira na A23, tendo caído depois numa ravina.

    Os ocupantes do autocarro pertenciam à Academia Sénior de Castelo Branco e regressavam a casa depois de uma viagem a Fátima e à Nazaré, acrescenta o jornal, que dá ainda conta da existência de pelo menos 24 feridos no acidente.

    O Diário de Notícias (DN) titula "Viagem a Fátima de idosos universitários acaba em tragédia" e fala de 13 mortos, 4 feridos graves, 22 ligeiros e um passageiro que saiu ileso.

    "Tragédia na A-23" foi o título escolhido pelo Correio da Manhã (CM) que fala em 13 mortos e 26 feridos em acidente com autocarro da Câmara Municipal de Castelo Branco.

    O Jornal de Notícias (JN) soma as vítimas deste acidente ao número de mortos nas estradas portuguesas desde o início do ano e refere "Acidente com 13 mortos eleva para 702 número de vítimas nas estradas".

    O 24Horas afirma "Foram a Fátima e morreram a caminho de casa".

    Os jornais destacam ainda o "primeiro duelo" entre José Sócrates e Santana Lopes hoje à tarde no parlamento durante o debate da proposta de Orçamento de Estado para 2008.

    "Sócrates no primeiro duelo com Santana", refere o Público, enquanto o Diário de Notícias adianta "Sócrates preparou dossier anti-Santana" e o Correio da Manhã cita o líder do PSD, Luís Filipe Menezes, que garante que "Santana vai surpreender".

    O Jornal de Negócios (JdN) diz que "Impostos, emprego e investimento vão animar debate".

    O caso de um militar da GNR baleado segunda-feira em Fânzeres, Gondomar, quando tentava impedir um assalto a uma pizzaria, e a morte de uma criança de seis anos depois de ter sido atropelada numa passadeira em Tires, concelho de Cascais, são outros assuntos em destaque nos jornais de hoje.

    Nos económicos, a fusão entre Millenium BCP e BPI e o debate do orçamento de Estado para 2008 dominam as capas.

    O Jornal de Negócios (JdN) faz manchete com a fusão entre o Millenium BCP e o BPI, cujas conversações começam hoje, e escreve "Gestores do BCP vão ganhar menos 70 por cento após fusão com BPI".

    O jornal destaca ainda o "nascimento" hoje do novo mercado de telecomunicações após a separação da PT Multimédia da PT.

    O Diário Económico puxa para a chamada principal da primeira página uma entrevista com o líder da oposição, na qual Luís Filipe Menezes sustenta que a dívida pública "continua mascarada" e propõe a criação de uma comissão para reavaliar o défice das contas públicas.

    Os compromissos do Benfica, frente ao Celtic de Glasgow, na Escócia, e do FC Porto, contra os franceses do Olympique de Marselha, da quarta jornada da Liga dos Campeões em futebol, dominam as primeiras páginas dos jornais desportivos de hoje.

    O Jogo divide a sua primeira página em dois, referindo relativamente ao FC Porto que frente ao Marselha a “Estrutura não muda mesmo sem Lucho” e sublinhando que o Celtic-Benfica “É um jogo para homens”.

    Na sua manchete, A Bola fala em “Desafio da coragem”, referindo-se ao compromisso do Benfica na Escócia e tendo por base as afirmações do treinador José António Camacho em relação ao encontro: “É um jogo para homens, temos de meter o pé e trabalhar como eles”.

    O Record chama à manchete o regresso do capitão à frente do ataque dos encarnados, “Nuno vai à guerra” e “Faz dupla com Cardozo em partida decisiva”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.