Real Madrid empata em Bilbau e deixa escapar FC Barcelona


 

Lusa/Ao online   Futebol   16 de Set de 2018, 08:51

A liga espanhola de futebol já tem um líder isolado, depois do FC Barcelona vencer a Real Sociedad e beneficiar do empate do Real Madrid em Bilbau, com o Athletic, 1-1 no último dos jogos hoje disputados.

À quarta jornada, começa a confirmar-se o favoritismo dos catalães, com 12 pontos contra 10 dos rivais. Em terceiro está o Celta, com sete pontos, podendo igualar os 'merengues' se domingo baterem o Girona.

Em maus 'lençóis' começam a ficar o Atlético de Madrid, que empatou com o Eibar, e o Valência - que hoje 'estreou' na época Gonçalo Guedes, contra o Betis, no que foi o terceiro empate para os 'morcegos'.

Os dois 'colossos' espanhóis foram ao País Basco e ambos tiveram problemas, com o 'Barça' a virar uma desvantagem para vitória por 2-1, enquanto que o Real nem isso conseguiu.

Depois do golo de Muniain, aos 32, o Real Madrid 'carregou no acelerador', como lhe competia, e foi à procura do empate, que apareceu aos 63, com Isco a ser assistido por Gareth Bale.

A equipa de Madrid continua a ser 'órfã' de Cristiano Ronaldo, em termos de finalização, e Asensio junto a Bale e Benzema não consegue fazer esquecer o português.

Em Anoeta, Aritz Elustondo adiantou os bascos, aos 12 minutos, mantendo-se a vantagem tangencial da equipa da casa até ao intervalo. Os catalães, sempre com mais posse de bola, regressaram mais determinados do balneário, já com o português Nelson Semedo fora do ‘onze’ e com o brasileiro Philippe Coutinho na equipa, a dar clara melhoria do jogo ofensivo.

Inconformado, Ernesto Valverde voltou a mexer na equipa e lançou Sergio Busquets por troca com Rafinha.

O empate, com a marca de Luis Suárez, já se antevia e chegou no minuto 63. Demorou pouco, apenas mais três minutos, para Dembelé colocar na frente a formação campeã de Espanha, que a partir daí abrandou um pouco o ritmo, já a pensar na receção ao PSV de terça-feira, para a Liga dos Campeões.

Com Gelson Martins no banco, o Atlético continua a ‘marcar passo’ e apenas se salvou nos descontos, com Borja Moreno a evitar a derrota com o Eibar (1-1). Em quatro jogos, os 'colchoneros' contam com uma vitória em casa, dois empates e uma derrota, o que já os deixa a sete pontos dos comandantes.

O jogo chegou aos 87 minutos sem golos, até Einrich se antecipar a Godín na pequena área e fazer o 1-0. Quando parecia inevitável a derrota do campeão da Liga Europa, Borja Moreno apareceu desmarcado na grande área, para restabelecer a igualdade, aos 90+3.

O central português Paulo Oliveira, titular pelo Eibar, acabou por ser o único luso na partida.

No outro jogo de hoje, a nota vai para o regresso de Gonçalo Guedes ao Valência, finalmente 'liberto' do Paris Saint Germain. Um regresso discreto, suplente utilizado nos 27 minutos finais de um jogo que começou como acabou, frente ao Betis - sem golos.

O Betis, que não contou com William Carvalho, conseguiu equilibrar no Mestalla a partida com a equipa 'che', que continua sem ganhar na prova, após três derrotas e um empate

Quanto à equipa de Sevilha, 'promete' um campeonato interessante e chega ao sexto lugar, com cinco pontos, os mesmos do quarto.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.