Açoriano Oriental
PSP detém duas pessoas e apreende 4.600 doses de heroína

A Polícia de Segurança Pública (PSP) de Ponta Delgada, nos Açores, deteve, esta semana, um homem e uma mulher, suspeitos de tráfico de droga, em duas investigações distintas, revelou esta sexta-feira em comunicado de imprensa.


Foto: PSP
Autor: Lusa/AO online

“A Divisão Policial de Ponta Delgada, através de polícias da Esquadra de Investigação Criminal, procedeu na presente semana, no âmbito de duas investigações distintas, à detenção em flagrante delito de dois indivíduos, um do género masculino e outro do género feminino, suspeitos da prática do crime de tráfico de estupefacientes”, adiantou a PSP.

Uma das detenções, um homem de 25 anos, ocorreu na segunda-feira, na freguesia de São Roque, na sequência de uma busca domiciliária, na qual foram apreendidas “600 doses individuais de heroína e 5.500 euros em numerário”.

Na quinta-feira, a PSP deteve também uma mulher de 35 anos, na freguesia do Livramento, igualmente na sequência de uma busca domiciliária, da qual resultou “a apreensão de heroína suficiente para a preparação de 4.000 doses individuais e 4.440 euros em numerário”.

Os dois suspeitos foram presentes a primeiro interrogatório judicial, para aplicação de medidas de coação, tendo o homem sido colocado em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel.

“Em ambas as situações, é convicção da Polícia de Segurança Pública que se procedeu à detenção de suspeitos responsáveis pela venda direta de estupefacientes a um elevado número de consumidores que, com regularidade, se deslocavam às referidas freguesias para proceder à sua aquisição, procurando desta forma aumentar o sentimento de segurança das populações”, salienta a PSP em comunicado de imprensa.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.