Conjuntura

Presidente do FED defende manutenção da taxa de juros


 

Lusa / AO online   Economia   24 de Fev de 2010, 14:40

O presidente do Banco Central norte-americano (FED), Ben Bernanke, afirmou esta quarta-feira perante a Câmara dos representantes que o desemprego nos Estados Unidos justifica a manutenção da taxa básica de juro muito baixa "durante um longo período".
"O mercado de emprego continua muito mau, com uma taxa de desemprego próxima dos dez por cento e ofertas escassas", sublinhou Bernanke durante a sua intervenção semestral sobre política monetária.

Segundo o presidente do FED, "o crescimento do desemprego de longa duração é particularmente inquietante, devido às implicações financeiras a longo prazo para os assalariados".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.