PPM quer suspensão de classificação das Flores


 

Lusa   Regional   8 de Out de 2008, 11:49

O líder regional do Partido Popular Monárquico (PPM) anunciou ontem que vai propor ao Governo dos Açores a suspensão do pedido de classificação da ilha das Flores como Reserva da Biosfera.
Paulo Estêvão, que esteve  numa acção de rua na vila de Santa Cruz das Flores, no âmbito da campanha para as eleições legislativas regionais, entende que não faz sentido a UNESCO classificar uma ilha que tem ainda lixeiras a céu aberto.
“Foi o que aconteceu na ilha do Corvo, que foi classificada como reserva da Biosfera, apesar de ter uma lixeira a céu aberto”, recordou o dirigente monárquico, que acusou o executivo socialista de ter “omitido” a existência da lixeira na candidatura que apresentou à UNESCO.
Paulo Estêvão defendeu ainda a criação de um “grupo de reflexão parlamentar”, que inclua os deputados eleitos pelas Flores (3) e pelo Corvo (2), para analisar os problemas das duas ilhas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.