Islândia

PM pede boicote do referendo sobre o acordo Icesave


 

Lusa / AO online   Internacional   5 de Mar de 2010, 14:02

A primeira-ministra islandesa pediu esta sexta-feira o boicote do referendo sobre o acordo Icesave por considerar a lei a referendar “ultrapassada” e “sem sentido”.
“Eu penso que (o referendo) não tem significado e é muito triste que o primeiro referendo nacional desde a criação da república da Islândia seja sobre uma lei já ultrapassada”, afirmou Johanna Sigurdardottir ao jornal Frettabladid, hoje divulgado.

«Deste ponto de vista, não vejo qualquer sentido em participar neste escrutínio”, adiantou.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.