Face Oculta

Ministro garante que explicará no Parlamento afirmações de "espionagem política"

Ministro garante que explicará no Parlamento afirmações de "espionagem política"

 

Lusa/AO online   Nacional   28 de Nov de 2009, 22:19

O ministro da Economia, Vieira da Silva, garantiu que responderá na Assembleia da República “a todas as questões” e explicará os motivos que o levaram a referir que havia "espionagem política" no caso Face Oculta.

“Irei do Parlamento responder às questões que me colocarem, mas não deixarei de dizer o que penso”, disse Vieira da Silva, após participar na sessão de encerramento do 35.º Congresso da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), em Vilamoura. A presença do ministro no Parlamento foi requerida pelo PSD, tendo o PS viabilizado a sua aprovação ao abster-se na votação na reunião da comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais. O requerimento do PSD foi aprovado com os votos favoráveis dos restantes partidos. O PSD considerou que as palavras de Vieira da Silva “condicionam o trabalho da Polícia Judiciária, do Ministério Público e atentam contra a separação de poderes no Estado de Direito". “Não procurei atingir ninguém, a não ser aqueles que não conheço quem são, mas que procuraram a situação”, observou o ministro, em Vilamoura. “Senti-me no direito de fazer as afirmações que fiz. Reafirmo o que disse, pois não deixarei de dizer o que penso”, destacou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.