Marcha pela igualdade e pelo fim da discriminação no domingo

Marcha pela igualdade e pelo fim da discriminação no domingo

 

Lusa / AO online   Regional   31 de Out de 2007, 17:30

Cerca de duas dezenas de associações participam domingo, na ilha de São Miguel, Açores, numa marcha pacífica para sensibilizar para o direito à igualdade e apelar ao fim da discriminação, anunciou esta quarta-feira a organização.
A marcha, que vai decorrer na cidade de Ponta Delgada, é organizada pela delegação de São Miguel da associação de defesa dos direitos das mulheres UMAR, no âmbito do "Projecto nas Asas da Igualdade", que assinala o Ano Europeu da igualdade e Oportunidades para Todos.
Em conferência de imprensa, a presidente da associação adiantou que, embora esteja satisfeita com a adesão conseguida, espera que até domingo se juntem mais entidades à iniciativa.
“Há ainda muito a fazer nesta área”, afirmou Clarisse Canha, alegando que a marcha foi idealizada para “juntar forças e vontades” na luta pela igualdade de tratamento, independentemente da origem étnica, racial, religiosa ou orientação sexual.
Segundo disse, durante uma hora, os marchantes vão percorrer várias ruas da baixa de Ponta Delgada, munidos com cartazes e distribuindo panfletos informativos.
Paralelamente, decorrerão na zona da Matriz de Ponta Delgada actividades lúdico-informativas, com a actuação de tunas, medição da massa corporal e um painel colectivo, onde toda as pessoas poderão escrever ou desenhar sobre a igualdade.
Clarisse Canha anunciou, ainda, que no final da marcha, será lido um manifesto com medidas para melhorar a igualdade, um documento produzido com bases nos contributos enviados por várias associações ligadas a esta área.
Para Dezembro, está prevista a celebração dos 15 anos da UMAR/Açores e o lançamento da publicação "Nas Asas da Igualdade", iniciativas que encerram o projecto com o mesmo nome e que tem vindo a promover várias actividades ao longo de 2007, revelou.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.