Linha de velocidade elevada pronta até 2013

Linha de velocidade elevada pronta até 2013

 

Lusa / AO online   Economia   28 de Set de 2007, 16:53

A secretária de Estado dos Transportes, Ana Paula Vitorino reafirmou, em carta  dirigida ao secretário-geral do Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular, que a linha Porto/Vigo em velocidade elevada estará pronta em 2013.
O Eixo Atlântico, associação que congrega 20 cidades da Galiza e do Norte de Portugal, considerou, em comunicado também hoje difundido, que esta posição do Governo Português quanto ao projecto é clara e "não deixa margem à ambiguidade nem a interpretações".

A carta da secretária de Estado dos Transportes respondia a um pedido de esclarecimento do secretário-geral do Eixo Atlântico, Xoan Vásquez, sobre a prioridade atribuída pelo Governo português à ligação ferroviária Porto/Vigo, na sequência de notícias publicadas na Imprensa espanhola que davam conta de um possível adiamento do projecto.

Na carta, a secretária de Estado afirma que aquela ligação "é considerada como prioritária para o Estado Português, prevendo-se que esteja operacional em 2013".

"O Governo Português reafirma os compromissos assumidos em diversas cimeiras luso-espanholas reuniões bilaterais, nomeadamente a Cimeira de Badajoz de Novembro de 2006 e na última reunião do Grupo de Contacto de Alto Nível, realizada em Madrid no passado doa 19 de Julho", afirma a secretária de Estado na carta.

Ana Paula Vitorino reafirma também que "esta nova linha ferroviária será construída com a velocidade de projecto de 250 km/hora (velocidade elevada)", devendo permitir a linha tráfego misto, ou seja, transporte de passageiros e mercadorias.

"Considera o Governo que o modelo encontrado satisfaz o duplo objectivo de desenvolvimento e sustentabilidade que não era garantido por uma ligação projectada para uma velocidade de 350 km/hora (alta velocidade) e exclusivamente para passageiros", tal como estava previsto até 2005, acrescenta a secretária de Estado

No comunicado, o Eixo Atlântico regista com satisfação "a rapidez com que produziu a resposta do Governo Português, em apenas 24 horas" ao pedido de esclarecimentos, o que considerou "muito positivo" e manifesta "todo o apoio e colaboração" à concretização da ligação ferroviária Porto/Vigo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.