Açoriano Oriental
FENPROF diz que desemprego docente atingiu máximo histórico
A Federação Nacional dos Professores (FENPROF) sublinhou esta sexta-feira que o desemprego na classe atingiu um máximo histórico, acusando o Governo de atentar contra o ensino e a qualidade da educação.
article.title

Foto: Natacha Cardoso - Digital
Autor: Lusa/AO online

A FENPROF reagiu assim aos números do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) relativos a outubro, mês em que mais de 20.000 professores se encontravam inscritos nos centros de emprego.

Para a FENPROF, os números confirmam o que tem vindo a dizer: que o Ministério da Educação, dirigido por Nuno Crato, concretizou “o maior despedimento coletivo já verificado em Portugal”.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.