Açoriano Oriental
Famílias açorianas com rendimentos acima da média nacional em 2011
Os agregados familiares açorianos detinham um rendimento líquido anual médio de 25 mil euros, enquanto a média nacional era de 23,8 mil euros, segundo os resultados do Inquérito às Despesas das Famílias 2010/2011.
Famílias açorianas com rendimentos acima da média nacional em 2011

Autor: Ana Carvalho Melo

"Segundo os resultados do Inquérito às Despesas das Famílias 2010/2011 os agregados familiares em Portugal detinham um rendimento líquido anual médio de 23,8 mil euros, valor superado, à escala regional, por Lisboa com um valor de 27,5 mil euros (valor máximo numa análise por NUTS II) e pela Região Autónoma dos Açores com 25,0 mil euros", revela o INE.

O rendimento médio mais baixo por agregado situava-se no Alentejo, 20,6 mil euros.

Em relação à despesa dos agregados do país a média era de 20,4 milhares de euros anuais.

Lisboa apresentava os valores mais elevados de rendimento (22,4  mil euros) e de despesa por agregado, contrastando com o Alentejo (16,8 mil euros) que apresentava os valores mais baixos em ambos os indicadores.

Na Região Autónoma dos Açores registava-se o segundo valor mais baixo de despesa média por agregado (17,6 mil euros), apesar de se situar acima da média nacional no que respeita ao rendimento líquido por agregado.

 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.