Tratado de Lisboa

Eurodeputados consideram que Lisboa "simplifica" Europa


 

Lusa / AO online   Internacional   30 de Nov de 2009, 10:40

A maioria dos eurodeputados portugueses consideram que o Tratado de Lisboa vai simplificar o funcionamento da União Europeia, apesar de a criação de novos cargos poder ser à partida "confusa" para os cidadãos e para o exterior.
Questionados sobre a "arquitectura" aparentemente cada vez mais complexa da UE, na sequência da criação dos cargos de presidente do Conselho e de Alto Representante da UE para a Política Externa, deputados do PSD, PS e CDS-PP sublinharam que o objectivo do Tratado é precisamente "agilizar" o funcionamento da União e defenderam que tudo depende de uma "articulação" entre os diversos protagonistas.

Já deputados das delegações do PCP e Bloco de Esquerda consideram que, com o Tratado de Lisboa, há cada vez mais sobreposição de figuras com tarefas mal definidas, além de custos económicos acrescidos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.