Justiça

EUA solicitaram extradição de Polanski


 

Lusa / AO Online   Internacional   23 de Out de 2009, 18:28

Os Estados Unidos pediram quinta-feira a extradição do realizador franco-polaco Roman Polanski, procurado pela justiça norte-americana por um processo aberto em 1977 por «relações sexuais ilegais» com uma adolescente, disseram as autoridades suíças.
A Embaixada dos Estados Unidos em Berna enviou um pedido formal de extradição emitido pelo autoridades federais de Justiça norte-americanas, respeitando o prazo de 40 dias previsto no tratado de extradição entre os Estados Unidos e a Suíça, foi divulgado um comunicado.

As autoridades federais de Justiça «transmitirão o pedido de extradição ao cantão de Zurique que, por sua vez, notificará Roman Polanski. Será fixado um prazo para que (o realizador) possa responder a este pedido de extradição», de acordo com o comunicado.

Um dos advogados de Polanski, Hervé Temime, declarou à agência noticiosa francesa AFP que o realizador não vai aceitar o pedido de extradição dos Estados Unidos.

Polanski fugiu dos Estados Unidos há mais de 30 anos para escapar a um processo aberto em 1977 por "relações sexuais ilegais" com uma adolescente de 13 anos.

O realizador, 76 anos, foi detido a 26 de Setembro à chegada a Zurique, onde ia receber um prémio num festival de cinema da cidade, devido a um mandado norte-americano.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.