Açoriano Oriental
Covid-19: PSD/Açores acusa Governo Regional de “danos reputacionais” ao destino Açores

O presidente do PSD/Açores acusou este sábado o Governo Regional de causar "danos reputacionais" ao destino Açores pela demora em permitir que os passageiros possam fazer o teste à covid-19 antes de viajarem para a região.

Covid-19: PSD/Açores acusa Governo Regional de “danos reputacionais” ao destino Açores

Autor: AO Online/ Lusa

O líder social-democrata, José Manuel Bolieiro, falava à margem do conselho regional do PSD/Açores, que decorreu hoje virtualmente e que o confirmou como candidato à presidência do Governo dos Açores nas próximas eleições regionais.

José Manuel Bolieiro afirmou que "felizmente" a secretária regional da Saúde, Teresa Machado Luciano, "desmentiu" esta semana o presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, porque o líder do executivo regional, quando "perguntado diretamente" disse que a região não iria não pagar "os testes na origem".

"Um lamento inicial face à contradição das comunicações que foram geradoras primeiro de atraso e segundo de alguns danos reputacionais dos Açores enquanto destino turístico", afirmou Bolieiro.

A 22 de junho, questionado sobre a possibilidade de a região assumir os custos dos testes de despiste à covid-19 feitos no continente a cidadãos que queiram ir para os Açores, Vasco Cordeiro disse que importava "ter presente" que o executivo açoriano já assumia os custos dos testes feitos no arquipélago, referindo que o objetivo de conter o surto "não é só tarefa de uma entidade".

Na sexta-feira, o Governo Regional anunciou que irá permitir que os passageiros do território continental que pretendam viajar para os Açores possam realizar os testes de despiste ao coronavírus SARS-CoV-2 em laboratórios do continente, com os custos a serem assumidos pela região.

Segundo Bolieiro, o atraso na implementação da medida "provocou prejuízos" e "evidencia" que não existe "rumo nem estratégia" no combate à covid-19 nos Açores.

"Quando dias antes o senhor presidente do governo tinha, a uma pergunta direta, respondido de forma direta que não [iriam avançar com a medida], isso é demonstrativo sobretudo de uma incoerência estratégica", afirmou.

José Manuel Bolieiro destacou que o PSD propôs a 16 de junho que os passageiros que quisessem viajar para o arquipélago deveriam ter a oportunidade de ser testados à covid-19 no aeroporto de origem, com os custos a cargo da região, tal como já tinha sido implementado pelo Governo da Madeira.

"É preciso agora que se passe à eficácia da medida com vantagem, quer do ponto vista epidemiológico, quer do ponto vista da reputação dos Açores enquanto destino turístico, com vantagem para os próprios visitantes", afirmou.

O presidente do PSD/Açores disse continuar a "aguardar" pela comunicação do executivo açoriano sobre a "gradualidade do desconfinamento", que "inicialmente" estava prevista ser "mensal".

No final do conselho regional do partido, o secretário-geral Luís Pereira avançou que Bolieiro foi indicado pelo órgão como o "mais bem preparado" para "liderar uma alternativa de governação para os Açores" e confirmou que o partido irá apresentar candidatos em todos os círculos eleitorais regionais.

Luís Pereira referiu que o objetivo do partido "é vencer as eleições" e não apenas a retirada da maioria absoluta ao PS.

Existem três casos positivos ativos de infeção pela covid-19 nos Açores, dois na ilha de São Miguel e um na ilha Terceira, de um total de 151 casos detetados no arquipélago desde o início da pandemia.



 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.