Casa do empresário José Franco abre como museu a 3 de maio

Casa do empresário José Franco abre como museu a 3 de maio

 

Rui Jorge Cabral   Cultura e Social   2 de Mai de 2019, 09:38

Falecido no ano passado, José da Costa Franco foi uma referência do comércio tradicional da cidade de Ponta Delgada. A sua casa, doada ao município, vai abrir agora como museu

Vai abrir amanhã, dia 3 de maio, a Casa Museu José da Costa Franco, na cidade de Ponta Delgada, que vai agora poder ser visitada às segundas, quartas e sextas-feiras, entre as 9h00 e as 11h00.

A Câmara Municipal de Ponta Delgada aceitou a doação deste empresário, falecido no ano passado aos 83 anos e que foi durante mais de 50 anos uma referência do comércio tradicional da cidade, na área do pronto-a-vestir, com a loja Riviera, fundada por José Franco em 1964, depois de ter trabalhado nos antigos “Armazéns Cogumbreiro”.
Segundo refere uma numa de imprensa, numa lógica de partilha com a comunidade, José da Costa Franco doou a sua casa na Rua Machado dos Santos ao Município de Ponta Delgada.

Em carta dirigida ao presidente do Município, José Franco manifestou o desejo da sua casa poder servir comunidade, devendo nela ser criada uma Casa ou Oficina de Artes, “não descaracterizando, pelo menos, a área do primeiro piso, onde se situam os salões, quarto de jantar e quarto de cama, espaços estes que deverão manter-se tal como se encontram, incluindo o seu mobiliário, como espaço museológico”.

A casa de José da Costa Franco, com o respetivo mobiliário, peças de arte e memórias, situada em frente à Ermida de Santa Luzia, poderá vir também a acolher eventos de natureza cultural ou institucional, refere a Câmara de Ponta Delgada em nota de imprensa.

José Manuel Bolieiro inaugurou nesta semana o espaço, onde lembrou José da Costa Franco como nome incontornável e emblemático do comércio tradicional de Ponta Delgada, enaltecendo o seu gesto para com a comunidade e destacando “o papel e o prestígio que o doador tem no contexto do comércio de Ponta Delgada e dos Açores”, tendo sido distinguido pelo Município.

Em declarações à comunicação social, José Manuel Bolieiro deixou também uma palavra de “reconhecimento e pública gratidão pela doação” e lembrou o “sentimento de justiça” de José Franco que “trabalhou, teve sucesso, mas sempre quis ser grato à comunidade”.

Recorde-se que a loja Riviera, de que José Franco foi fundador e proprietário, foi agraciada pela Câmara Municipal de Ponta Delgada no Dia da Cidade, a 2 de abril de 2018, com o “Diploma de Reconhecimento Municipal”.

Em 2012, José Franco, que era natural da freguesia dos Mosteiros, como gostava de salientar, recebeu também a Insígnia Autonómica de Mérito Industrial, Comercial e Agrícola da Região Autónoma dos Açores.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.