OE2011

Carlos Costa acredita que "vai haver acordo" sobre o Orçamento


 

Lusa/AO online   Economia   28 de Out de 2010, 17:35

O governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, revelou esta quinta-feira que, apesar do impasse político em torno do Orçamento do Estado para 2011, acredita que vai haver acordo e que a pressão do mercado da dívida vai serenar.
"Vai haver acordo e o mercado vai voltar à normalidade", disse aos jornalistas Carlos Costa, à margem da conferência 'Reformar o Sistema Financeiro', organizada em Lisboa pela NYSE Euronext.

O governador foi também questionado pelos jornalistas se a política estava a prejudicar a economia portuguesa, escusando-se a responder.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.