Carla Dâmaso eleita diretora do OMA

Carla Dâmaso eleita diretora do OMA

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   19 de Fev de 2019, 16:32

Foi eleita, por unanimidade, em assembleia geral realizada na passada sexta-feira, a nova direção do Observatório do Mar dos Açores (OMA), entidade integrante da Rede de Centros de Ciência dos Açores e gestora da Fábrica da Baleia de Porto Pim. A nova direção é presidida por Carla Dâmaso e tem como vice-presidente Márcia Dutra, como tesoureiro José Bettencourt.

Na ocasião, Carla Dâmaso, que tem exercido funções de coordenação, educação e divulgação no OMA, fez uma descrição do trabalho desenvolvido pela associação, no que respeita às atividades de educação e comunicação da cultura científica marinha e a criação de conteúdos museográficos da recentemente inaugurada Fábrica da Baleia.


Com uma nova e especializada equipa a trabalhar em instalações remodeladas, a diretora considera estarem reunidas boas condições para o cumprimento da missão do OMA durante o próximo mandato, refere nota.

O OMA é uma Associação Técnica, Científica e Cultural, sem fins lucrativos, criada em 2002 por 23 sócios fundadores ligados ao Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores.



Em 2004, fixou a sua sede na Fábrica da Baleia de Porto Pim, cidade da Horta, em regime de comodato, por protocolo com o Governo Regional dos Açores. O OMA tem estatuto de Instituição Equiparada a Organização Não-Governamental de Ambiente (ONGA), certificado pela Agência Portuguesa do Ambiente. Em Março de 2010 foi considerada pelo Governo dos Açores como Instituição de Utilidade Pública.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.