Candidatura de Luís Filipe Menezes questiona militantes "fantasma" nas ilhas


 

Paulo Faustino/AO online   Regional   21 de Set de 2007, 14:23

O alegado aumento súbito do número de militantes com capacidade eleitoral nos Açores e Madeira está a gerar polémica junto da candidatura de Luís Filipe Menezes à liderança nacional do PSD.

    De acordo com uma fonte desta candidatura, como adianta o jornal “Semanário”, no passado dia 10 só haviam 36 militantes em condições de votar nos Açores, o que a leva a questionar “como é que em 15 dias esse número subiu a 8000?”. E interroga ainda “onde é que estão os 100 mil euros de quotas”, na certeza de que os seguidores de Menezes querem “a prova de que cada militante pagou a sua quota nos termos estatutários”. Os Açores são a Região Autónoma com números considerados mais controversos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.