Liga Orangina

Alex e Tiago Maia querem titularidade depois do Mundial Sub-20

Alex e Tiago Maia querem titularidade depois do Mundial Sub-20

 

Lusa/Aonline   Futebol   31 de Ago de 2011, 19:38

Alex e Tiago Maia estão de regresso aos treinos do Santa Clara e apontam como objetivo a titularidade, depois de se terem sagrado vice-campeões no Mundial de sub-20 de futebol.

Alex, titular na seleção nacional comandada por Elídio Vale, continua a defender que Portugal merecia outro resultado na final com o Brasil, na final do Mundial da Colômbia.

“Penso que nós estivemos melhor que o Brasil, penso que até foi o nosso melhor jogo em termos ofensivos, porque toda a gente criticava que nós éramos muito defensivos e que a nossa defesa era o nosso elo mais forte. Contra o Brasil mostrámos o contrário, fomos muito ofensivos, mas eles tiveram um pouco mais de sorte”, reconheceu Alex em conferência de imprensa, realizada esta tarde no Estádio de São Miguel.

O avançado Alex está agora disposto a concentrar a sua atenção na segunda época ao serviço do Santa Clara, para conseguir “estar melhor” do que na temporada passada e assegurar a titularidade.

“Quero trabalhar diariamente para fazer muito melhor do que na outra época porque penso que consigo fazer mais do que aquilo que dei a conhecer de mim na última época”, disse Alex.

Tiago Maia, jogador que transitou do FC Porto para o Santa Clara, vai disputar titularidade com os guarda-redes Igor Stefanovic e Brice.

O jovem, de apenas 18 anos, foi suplente de Mika, considerado o melhor guarda-redes do Mundial de Sub-20, e garante que a experiência na Colômbia o fez crescer enquanto jogador.

“Aprendi com todo o plantel que estava lá e foi uma boa experiência que me ajudou a crescer muito”, reconheceu o guardião do Santa Clara.

A equipa açoriana está agora centrada no jogo do próximo domingo, a contar para a terceira jornada da Liga Orangina, que vai ser disputada no Estádio de são Miguel frente ao Atlético.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.