Comércio

Volume de negócios cresceu 4,6% em Outubro


 

Lusa / AO online   Economia   30 de Nov de 2007, 16:07

O volume de negócios do comércio a retalho cresceu 4,6 por cento em Outubro, a que corresponde um aumento real (corrigido pela inflação) de 2,3 por cento, indicou SEXTA-FEIRA o INE.
O volume de negócios no comércio retalhista de alimentação, bebidas e tabaco cresceu 5,7 por cento (2,8 por cento em termos reais) e o de bens não alimentares subiu 3,8 por cento (1,9 por cento a preços constantes).

Os aumentos de volume de negócios, tanto a preços correntes como constantes, representam uma clara aceleração face a Setembro, quer para o conjunto do sector, quer para os dois tipos de bens analisados.

Em Outubro, o emprego no comércio retalhista subiu 2,7 por cento face ao mesmo mês de 2006, evolução explicável pelo aumento de 6,9 por cento no retalho de produtos alimentares, bebidas e tabaco, dado que no segmento de bens alimentares praticamente estagnou, como uma subida marginal de 0,1 por cento.

As horas trabalhadas cresceram 3,8 por cento, com acréscimo de 10,3 por cento na área da alimentação, bebidas e tabaco e queda de 0,4 por cento no retalho de produtos não alimentares.

As remunerações totais pagas pelo sector cresceram 7,6 por cento comparando com Outubro de 2006.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.