Vasco Cordeiro diz que subida do Santa Clara à I Liga "honra" os Açores

Vasco Cordeiro diz que subida do Santa Clara à I Liga "honra" os Açores

 

AO/LUSA   Futebol   7 de Mai de 2018, 11:43

O presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, valorizou hoje a subida do Santa Clara à I Liga de futebol, dizendo que esta "dignifica" o clube e "honra" a região autónoma.

"O regresso do Clube Desportivo de Santa Clara ao escalão maior do futebol nacional prova que, com trabalho, dedicação e esforço, é possível concretizar a justa ambição de, nas mais diversas áreas e por mérito próprio, estarmos no restrito grupo dos melhores", sustenta o chefe do executivo açoriano, em mensagem enviada ao clube de Ponta Delgada e hoje divulgada pelo seu gabinete.

Para Vasco Cordeiro, a promoção ao escalão maior do futebol português "dignifica a história do clube e honra a Região Autónoma dos Açores".

O governante, que felicita atletas, equipa técnica, direção e funcionários, faz ainda votos que "a subida de divisão agora alcançada seja o auspício de muitos sucessos desportivos futuros, em nome do desporto açoriano e dos Açores".

O Santa Clara assegurou no domingo o regresso à I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Real Massamá, por 3-0, em jogo da 37.ª e penúltima jornada da II Liga, 15 anos depois.

Os brasileiros Thiago Santana, aos 27 e 59 minutos, e Fernando Andrade, aos 46, marcaram os golos do triunfo da formação açoriana, que garantiu o segundo lugar final da competição, ao somar 66 pontos, mais três do que a Académica, com quem tem vantagem no confronto direto.

O Santa Clara juntou-se na subida ao principal escalão do futebol nacional aos madeirenses do Nacional, que conquistaram o título de campeões da II Liga, com a vitória em Arouca, por 1-0, também no domingo.

A formação de Ponta Delgada conta três presenças na I Liga, a última das quais em 2002/03, após ter obtido a sua melhor classificação entre os ‘grandes’, com o 14.º lugar em 2001/02.

A estreia do emblema dos Açores no principal escalão ocorreu em 1999/2000, quando terminou o campeonato na 18.ª e última posição.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.