Açoriano Oriental
Sporting solidariza-se com Marega e repudia qualquer ato de racismo

O Sporting solidarizou-se este domingo com o futebolista maliano do FC Porto, Moussa Marega, e repudiou qualquer ato de racismo, depois de o avançado ter sido alvo de insultos em Guimarães.

article.title

Foto: Hugo Delgado
Autor: AO Online/ Lusa

Marega recusou-se a continuar a jogar no encontro do FC Porto em casa do Vitória de Guimarães, sendo substituído aos 71 minutos, por alegadamente ter sido alvo de insultos racistas por parte dos adeptos vimaranenses.

"O Sporting Clube de Portugal vem por este meio manifestar a sua solidariedade com o jogador Marega do FC Porto e repudiar qualquer ato de racismo e preconceito social", lê-se num comunicado dos 'leões'.

Na mesma nota, lê-se que "os valores que o Sporting Clube de Portugal defende não se reveem neste tipo de comportamento", com o clube a considerar que "as autoridades devem agir em nome de todos aqueles que pretendem elevar o desporto e a sociedade portuguesa".

"Os acontecimentos desta tarde em Guimarães merecem toda a nossa atenção e preocupação e apenas em conjunto conseguiremos erradicar estas atitudes dos estádios em Portugal", refere o Sporting.



Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.