Açoriano Oriental
Sporting dá nega ao adiamento do jogo com Setúbal pela sobrecarga no calendário

O Sporting rejeitou o pedido do Vitória de Setúbal em adiar o jogo de sábado da 16.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol alegando sobrecarga no calendário.


article.title

Foto: Eduardo Resendes
Autor: Lusa/AO Online

“Os calendários de competições estão sobrecarregados e inviabilizam que o Sporting possa anuir ao pedido de adiamento da próxima jornada feito pelo Vitória Futebol Clube”, lê-se no comunicado do Sporting.

O Vitória de Setúbal fez um pedido formal à Liga Portuguesa de Futebol Profissional para o adiamento da receção aos ‘leões’, devido ao surto gripal que assola o plantel sadino.

“O Sporting lamenta os casos clínicos que afetam o plantel do Vitória de Setúbal”, prossegue o emblema lisboeta.

De acordo com o clube ‘verde e branco’, o Vitória de Setúbal propôs a realização do jogo durante a semana de 03 a 07 de fevereiro, quando vão ser disputados os jogos da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal, competição em que nenhum dos clubes está envolvido.

“A data indicada pelo Vitória como alternativa surge num momento em que o Sporting vem de um jogo em Braga, depois de receber o Benfica, jogar a ‘final four’ da Taça da Liga, em Braga, e receber o Marítimo (...). Posteriormente à data proposta, existe a receção ao Portimonense, seguida de uma deslocação ao terreno do Rio Ave. A semana seguinte será de competições europeias”, prosseguem os ‘leões’.

O clube justifica que, “atendendo à planificação feita e à importância da continuidade de bons desempenhos das equipas portuguesas nas provas da UEFA”, nas quais o Sporting vai disputar os 16 avos de final da Liga Europa frente aos turcos do Basaksehir, em 20 e 27 de fevereiro, “não pode correr o risco de chegar a esses momentos com os seus jogadores competitivamente sobrecarregados e com riscos acrescidos de lesões”.

“Devido à experiência do Sporting em casos similares, e ainda sem conhecer com profundidade os casos clínicos noticiados, confiamos que até à hora do apito inicial, muitos dos casos dos jogadores do plantel do Vitória Futebol Clube serão solucionáveis, razão pela qual reiteramos a nossa vontade e disponibilidade para o jogo marcado para o próximo sábado”, remata o clube ‘verde e branco’.

Pelo segundo dia consecutivo, o Vitória de Setúbal não treinou, devido ao agravamento do estado de saúde dos futebolistas sadinos, que foram esta semana afetados por um “vírus gripal”.

O Vitória de Setúbal está já a proceder à esterilização do balneário e das zonas frequentadas pelos jogadores nas instalações do Estádio do Bonfim.

Na quarta-feira, fonte oficial dos sadinos indicou à agência Lusa que a sessão de treino prevista para esse dia não se tinha realizado, uma vez que “80% do plantel” estava “afetado por um vírus gripal".

Os jogadores do Vitória de Setúbal começaram a apresentar sintomas como "vómitos, febres e diarreias", na semana passada, tendo o vírus alastrado a quase todo o plantel esta semana, explicou a mesma fonte.

O encontro da 16.ª jornada da I Liga entre o Vitória de Setúbal, 10.º classificado, e o Sporting, quarto, está agendado para sábado, às 20h30, no Estádio do Bonfim, em Setúbal.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.