SPEA promove recolha de sementes endémicas para salvar floresta laurissilva

SPEA promove recolha de sementes endémicas para salvar floresta laurissilva

 

Lusa/AO Online   Regional   19 de Nov de 2009, 08:17

A Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) promove sábado um dia de voluntariado para a recolha de sementes endémicas na floresta laurissilva dos Açores, um ecossistema ameaçado de que dependem várias espécies endémicas da Macaronésia.

A iniciativa, que se vai concretizar através de um passeio pela floresta natural da zona nordeste de S. Miguel, insere-se nas comemorações do Dia da Floresta Autóctone e permitirá aos participantes contribuir para a preservação daquela zona.

Durante o passeio, será também divulgado o trabalho realizado durante o primeiro ano do Projecto LIFE

Laurissilva Sustentável, que visa a recuperação e a conservação deste importante ecossistema.

Este projecto está a ser desenvolvido na Zona de Protecção Especial do Pico da Vara/Ribeira do Guilherme, uma das áreas naturais mais importantes dos Açores e o único local do mundo onde habita o priolo, uma das aves mais ameaçadas da Europa.

Nesse sentido, uma das apostas deste projecto é a produção de plantas endémicas, através da criação de um viveiro exclusivamente para este tipo de vegetação.

As plantas serão depois utilizadas na recuperação da floresta natural desta zona da ilha de S. Miguel.

O viveiro está a ser implantado no concelho da Povoação, surgindo a iniciativa proposta para sábado como uma oportunidade de permitir à população contribuir para a recolha de sementes de espécies endémicas.

O passeio terá início às 10:00 no Centro Ambiental do Priolo, na Reserva Florestal de Recreio da Cancela do Cinzeiro, e os participantes terão como missão a recolha de sementes de azevinho (Ilex azorica) e folhado (Viburnum tinus).

Durante a tarde, a actividade decorrerá no Viveiro de Endémicas da Povoação, onde os voluntários podem colaborar na selecção e isolamento de plantas recém germinadas de faia-da-terra.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.