Sócrates considera queda do Muro advento de "novo paradigma mundial"


 

Lusa / AO online   Nacional   9 de Nov de 2009, 16:41

O primeiro-ministro afirmou esta segunda-feira em Berlim que a queda do muro, há 20 anos, “significou um novo paradigma mundial e obrigou todos os políticos a alterar o seu mapa mental” e a forma de entender o mundo.
“Alguns também previram um mundo mais unipolar, mais concentrado ou concebido com base na pax americana, da concentração num único bloco, num único país, mais influente em todo o mundo”, referiu José Sócrates.

"Quem sai vitorioso deste movimento é o multilateralismo, as Nações Unidas e os valores da resolução pacífica dos conflitos através da negociação e da diplomacia”, prosseguiu o primeiro-ministro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.